O que aprendemos afinal?

Plantando Juntos - Planting togetherJá faz mais de um mês que nossa viagem pelo nordeste terminou. Aos poucos as lembranças, os aprendizados, as novas amizades vão se sedimentando em nossos corações. Pouco à pouco vamos decodificando o que esta viagem realmente representou em nossas vidas.

Toda viagem é antes uma viagem para dentro de si mesmo. É desafiar-se a modificar as perspectivas. É encantar-se com as belezas de lugares longínquos. É permitir a casualidade de encontros improváveis que mudam nossas vidas para sempre.

Nesta viagem ao nordeste, confirmamos que por toda parte há desigualdades e destruição da nossa casa comum e percebemos que aos poucos a natureza está se transformando em artigo de luxo. Porém nos surpreendemos com a solidariedade de algumas pessoas que dedicam suas vidas para o bem do mundo e do próximo. A elas, agradecemos enormemente sua disposição em dividir conosco seus conhecimentos e experiências.

caminho - pathEm suma, em busca de nós mesmos encontramos um caminho. Descobrimos que o caminho é ações, imbuídas de valores de amor e solidariedade e guiadas pela busca de harmonia e pela fé em um mundo melhor.

Compreendemos que não há como se estabelecer um sistema mais harmônico entre homem e natureza, sem ao mesmo tempo reavaliar a relação do homem com o homem e a relação de cada homem consigo mesmo.

Buscando nossa própria harmonia, entendemos que é preciso voltar a se encantar com as belezas simples do mundo. E como são tantas estas belezas! O pôr do sol, o canto do passarinho, o mar. Enfim, a vida que brota como um milagre em todos os cantos e que segue vivendo numa cadeia infinita de inter-relações dependentes umas das outras. Somos parte desta cadeia que unida forma o Todo. Como parte inteligente dela somos responsáveis por cuidá-la, mas como fazê-lo?

Nossos encontros fortuitos com os exemplos que descrevemos durante a viagem nos deram várias pistas. Uma delas é que não é  preciso mudar o mundo todo, basta contribuir com pequenas ações concretas. Brígida aceitou o desafio da produção orgânica de café e seu papel de cuidar das águas que nascem em sua fazenda. Roy teve coragem de levar adiante a inspiração que teve para proteger a Chapada Diamantina. David investiu parte de sua vida para garantir que outras pessoas pudessem desfrutar da beleza que havia quando chegou em Pipa.

Mudas - SeedlingsApreendemos também que cada ação individual, quando somada à outras, tem seu efeito multiplicado exponencialmente. Nenhuma das pessoas ou instituições com quem conversamos alcançaram resultados sozinhos. Natureza Bela encontrou seu caminho quando cooperou com parceiros, os Gostosenses vêem na prática que se ajudando mutuamente constroem um futuro melhor. Quase todas iniciativas só sobreviveram porque contaram com contribuições de simpatizantes, públicos ou privados.

Qual então pode ser nossa ação concreta, e qual é o papel de Tambaba em tudo isto? Uma conclusão clara que chegamos, é que esta ação não está no turismo. Pelo menos por agora, não queremos construir uma pousada. Quem sabe no futuro, quando já estivermos mais velhos e com menos energia.

Neste momento queremos contribuir, com estudo e trabalho, para a construção de um sistema que valorize nossas florestas em pé, que estimule a recuperação de tantas outras, enquanto ao mesmo tempo sirva de meio de subsistência para as comunidades que vivem ao seu redor.

Por do Sol- SunsetVimos na prática que já há possibilidades de fazê-lo. É possível produzir mudas para projetos de reflorestamento utilizando mão de obra local, certificar projetos para captação e venda de carbono, empresas investem em projetos ambientais como política de responsabilidade social, etc.. Certamente há outras maneiras que podem ser exploradas e estudaremos para compreender melhor o sistema.

Nosso pequeno pedaço de terra em Tambaba nos serve ao mesmo tempo de inspiração e laboratório para nossas idéias. A mata que o cobre pode servir de matéria prima para realização das idéias que ela mesma nos inspirou. Tambaba encheu nossos corpos de energia, nossas mentes de idéias e nossos corações de esperança.

Por fim, pedimos que nos ajudem a não esquecer, no decorrer das dificuldades da vida mundana o que apreendemos nestes maravilhosos meses de viagem e concluímos com um convite. Viaje você também para dentro de si mesmo. Reencante você também com as belezas da vida.  Encha seu coração de solidariedade e seja a mudança que você quer ver no mundo!

Share

Criando um Corredor Ecológico no Sul da Bahia

Depois de Tambaba decidimos restringir um pouco o tipo de exemplos que gostaríamos de conhecer. Nos focalizamos em grupos e pessoas que trabalhavam para proteger o restante da Mata Atlântica e ao mesmo tempo contribuir para geração de renda das famílias que vivem no entorno da área a ser protegida e restaurada.

[…]

Criando um Corredor Ecológico no Sul da Bahia

Share

Imagens da Bahia

Share

De Recife até Trancoso

Depois de Gloria do Goitá passamos uma semana quase que de readaptação a vida moderna. Ficamos 4 dias em Recife, trabalhando muito e turistando pouco. Ficamos na casa da Dani e do Victor, um garoto de 8 anos muitíssimo especial que nos ensinou a ser criança de novo! Brincamos muito, de lutinha, de […]

De Recife até Trancoso

Share

Instituto Verde: criando empreendedores sociais em comunidades pobres

Em Glória do Goitá também conhecemos Vicente Roque, um dos fundadores do Instituto Verde (IV), uma organização sem fins lucrativos. Vincente, Carolina Magalhães (Presidente do Instituto) e Graça, arquiteta colaboradora do IV, nos mostraram um dos trabalhos que vem sendo apoiado por esta organização.

A Associação de Mulheres Empreendedoras Rurais de […]

Instituto Verde: criando empreendedores sociais em comunidades pobres

Share

Multiplicando a vida: A Fundação Nacional do Pau Brasil

Passamos o último final de semana do mês de abril visitando a sede da Fundação Nacional do Pau Brasil (FUNBRASIL), no Campo da Sementeira em Glória do Goitá/PE. Chegamos à Fundação por uma amiga que conhecemos em Tambaba, Marisa. Com Marisa sonhamos em voz alta sobre a possibilidade de trabalhar com reflorestamento e […]

Multiplicando a vida: A Fundação Nacional do Pau Brasil

Share

A comunidade de Tambaba

Tambaba tem hoje 4 casas, 2 pousadas e um Assentamento de Trabalhadores Rurais. Parte da nossa escolha por este lugar se deu justamente porque nos encantamos com a boa energia deste assentamento. Ali sentimos um ar de comunidade e simplicidade especial que esperamos poder fazer parte no futuro.

Durante nossa última visita […]

A comunidade de Tambaba

Share

Uma semana em Tambaba, por Leisa Amaral

Quando a Nanda e o Stephan começaram a me descrever o conceito do “Suficiente” já fiquei bastante impressionada. Em geral não conhecemos muita gente que escolhe os princípios pelos quais deseja viver; além disso, ver que um ideal pode ser concretizado é sempre surpreendente. E foi isso que eles escolheram fazer: ter um […]

Uma semana em Tambaba, por Leisa Amaral

Share

Natureza para todos: Santuário Ecológico de Pipa

Saindo de Fernando de Noronha passamos alguns dias em Natal/RN. A Dani e o Juan Miguel, amigos de uma grande amiga da faculdade aceitaram nos receber. Com eles passamos dias maravilhosos de muita conversa boa e descanso de turismo. Vivemos três dias “normais”, trabalhando no computador, cozinhando em casa e curtindo a tranquilidade […]

Natureza para todos: Santuário Ecológico de Pipa

Share

Maravilhoso mundo subaquático

Em Fernando de Noronha todo mundo vira um pouco peixe. Acreditem se quiser, mas encerrei nosso último dia de praia na ilha com as pernas entre os braços, boiando nas águas e cochilando com o ninar do movimento das águas. Isto mesmo, me senti tão confortável naquele mundo subaquático que acabou sendo natural […]

Maravilhoso mundo subaquático

Share
Page 1 of 41234

Read in

Translation support - Suporte nas traduções: Manuela Sampaio

Photos

Second Tree Nursery of Natureza Bela

As minhas mudas...

With seedlings

Viveiro da Natureza Bela

Equipe da Natureza Bela

More Photos